segunda-feira, 20 de junho de 2011

Como passar na entrevista de emprego

 

Bom dia Pessoal. Hoje estamos com um texto muito bacana. Espero que gostem.

12 dicas de recrutadores para voce ficar craque nas entrevistas e conquistar sua vaga

Dicas da recrutadora Cristina Barros

1.         Vista-se sem exageros

Nao contrato quem fala errado nem quem chega com blusa decotada e minissaia. Esses sao os erros mais comuns que vi em 17 anos como gerente de recursos humanos. Em cada processo seletivo, uso um criterio diferente para contratar. Mas o que nunca muda e a importancia da entrevista. Esse e o momento em que conhego realmente um candidato.

2.         So fale da intimidade se for necess5rio

Sabendo o que o candidato gosta de fazer nas horas livres ou como a familia dele a formada, o recrutador pode ter mais garantias de que aquela e a pessoa ideal para a vaga oferecida. Mas, em uma entrevista, so fale sobre isso se o selecionador abrir espago para esses assuntos. Caso contrario, voce passara a impressao de que tem poucos atrativos profissionais para oferecer a empresa e quer abordar aspectos pessoais para convencer os selecionadores de que merece aquele posto de trabalho.

3.         Demonstre calma nas respostas

Nada pior do que um candidato que fala antes de o recrutador terminar uma pergunta. Isso demonstra ansiedade. Nao contrato pessoas assim porque, em momentos de pressao, elas podem descontar a ansiedade nos colegas. Exemplo: Fiz uma entrevista com dois rapazes juntos. Um deles nao parava de atropelar a minha fala e a do outro rapaz. Por mais que o tagarela fosse preparado, contratei o outro, que me pareceu mais equilibrado.

4.         Diga que pretende crescer na vida

Para algumas empresas, vale mais treinar um funcionario com nivel educacional menor, mas com muita forga de vontade, do que contratar alguem com experiencia. Ja contratei pessoas assim so porque me convenceram de que tinham forga de vontade. Exemplo: Dois rapazes de 18 anos, sem experiencia e sem nivel superior, disseram que queriam trabalhar para comegar uma faculdade. Contratei ambos na hora para trabalhar num call center.

5.         Preste atenpao aos pre-requisitos do emprego

Ao abrir a vaga, o selecionador define que qualidades o candidato deve ter para ser contratado. Reprovo pessoas 6timas porque elas nao preenchem essas exigencias. Antes de a entrevista comegar, os selecionadores costumam falar sobre esses requisitos. Se o recrutador nao comentar pergunte. Assim voce ja sabe se tem chances ou nao. Exemplo: Contratei uma supervisora de call center que precisava ser informal com seus subordinados. A candidata garantiu ter essas caracterlsticas, mas no primeiro mas ela brigou com um funcionario porque ele estava de bone. Como o ambiente era informal, o rapaz estava correto e ela pediu demissao.

6.         Desperte a confianga do recrutador na entrevista

Toda empresa tem regras que espelham o que a chefia espera dos funcion6rios. Quando o candidato respeita essas regras, ele passa confianga ao recrutador, pois o risco de entrar em conflito com os colegas a baixo. Sei quando o candidato tem o perfil da empresa pela maneira como ele se veste e me responde. Exemplo: Ja reprovei um candidato com formagao superior e cinco anos de experiencia porque ele nao via diferenga entre trabalhar em uma empresa recem¬aberta e em outra ja estabelecida. Conclui que ele teria dificuldade para se adaptar as exigencias da empresa, que era nova e pedia funcionarios flexiveis, atributo que ele nao tinha.

Dicas da recrutadora Carina Feliciano

7.         Fale somente a verdade

A pior atitude de um candidato a mentir na entrevista. Sei quando isso acontece. Basta perguntar sobre a vida pessoal e checar os dados do curriculo. Comecei a trabalhar com recrutamento aos 18 anos. Ja contratei pessoas de todos os niveis de escolaridade, de corretores a diretores de montadoras de veiculos. So a entrevista me da a certeza de que aquela e a pessoa certa para a vaga.

8.         Memorize o que dizer sobre voce

Alguns candidatos acham que a entrevista a terapia. Para um selecionador, isso a sinal de que o candidato tende a trazer problemas pessoais para o ambiente de trabalho, o que pode atrapalhar o rendimento dos demais colegas. Limite-se a dar respostas curtas e objetivas. Exemplo: Isso e comum em mulheres que se separaram. Quando fago perguntas sobre a vida pessoal, elas falam sem parar, contando detalhes, ou choram.

9.         Conte so o que voce fez de bom

Quando alguem fala mal do antigo trabalho, perde a confianga do recrutador, pois espera-se que ele tambem fale mal de seus colegas caso seja contratado. Exemplo: A recebi uma candidata a copeira que se complicou ao explicar por que havia saido do emprego anterior. Ela disse que nao gostava da patroa e que ate cuspiu no copo dela. A candidata chegou a explicar seus motivos, mas nada justifica o ato, muito menos a sua contratagao.

10.       Negocie os rumos da sua carreira

Se o candidato tem um nivel educacional menor do que o exigido para a vaga, o recrutador pode negociar sua contratagao com a diregao da empresa caso ele se comprometa a terminar os estudos quando estiver trabalhando. Mas essa situagao so ocorre quando o selecionador percebe que o candidato preenche todos os outros pre-requisitos para o trabalho. O canditado tambem precisa manifestar sua vontade de trabalhar na empresa e de crescer na profissao.

11.       Fique atento a novas oportunidades

As vezes reconhecemos a personalidade de um candidato em uma entrevista e percebemos que ele merece uma vaga diferente da que deseja. Ai tentamos convence-lo de que ele leva jeito para a nossa sugestao. Exemplo: Certa vez, indiquei um amigo que trabalhava no setor de reclamag6es de uma ind6stria para uma vaga de corretor de seguros. Ele achava que nao tinha o perfil, pois nunca havia feito uma venda na vida. Mas eu sabia que ele era agil, tinha solusoes repidas para problemas e estava disposto a aprender coisas novas. Ele foi contratado ha dois anos e je recebeu verios premios pelas boas vendas.

12.       Pesquise sobre a empresa na internet

Entre no site da empresa, leia a historia e veja a missao dela antes de conversar com o recrutador. Essas informag6es sao importantes para voce saber se tem o perfil ideal para aquela vaga. /sso muda de acordo com a empresa e pode ser o diferencial em um processo seletivo. Exemplo: Ate um atendente de call center muda de acordo com a empresa. Em um banco, o perfil desejado e o do jovem que cursa faculdade e nao possui experiencia anterior. Eles preferem treinar novatos a contratar pessoas com experiencia. Em call centers de empresas de vendas ou prestadoras de servigo, os candidatos devem ter experiencia (o curso superior nao a necesserio).

 

 

 

 

NINGUÉM ME RESPONDE!

 

Fonte: Bumeran

Uma das muitas reclamações que recebemos de nossos usuários é que não recebem nem um recadinho dos empregadores para os quais enviam seus currículos. Conversamos com um recrutador de uma multinacional que nos ajudou a entender o problema do ponto de vista da empresa.

Ele anunciou uma vaga para a área financeira, especificando detalhadamente qual o tipo de formação e experiência que o cargo requeria. Solicitou também que o currículo viesse acompanhado de uma carta de apresentação. Mal a vaga foi posta no ar, começaram a chover currículos de todos os lugares do Brasil e até da América Latina. Foram tantos que, em dado momento, a caixa postal estava lotada e não recebia mais novas mensagens.

No entanto, ao abrir os currículos, o recrutador ficou extremamente decepcionado. Metade deles não tinha nada a ver com o perfil desejado."Eram profissionais que enviaram seus cvs apenas porque viram o nome da empresa na vaga", diz o recrutador. A outra metade não atendia a todos os requisitos claramente detalhados no anúncio. Havia ainda aqueles que possuíam as habilidades necessárias, mas estavam tão espalhadas pelo currículo que procurá-las "me deu a exata medida do que significa encontrar agulha no palheiro", conta bem-humorado meu amigo recrutador. Para uns quinhentos candidatos, o recrutados enviou apenas a mensagem automática. Apenas para os quinze cvs que estavam dentro do perfil procurado houve uma comunicação mais pessoal e feedbacks constantes. A partir desta conversa, pude delinear o que NÃO fazer na hora de remeter um currículo a uma vaga:

·         Não envie seu cv para vagas que não estão de acordo com seu perfil e objetivos profissionais, por melhor ou maior que seja a empresa. O recrutador responsável pelo processo simplesmente apaga ou joga fora os currículos fora dos requisitos, não os guarda para um futuro aproveitamento.

·         Adapte o currículo à vaga, deixando em destaque as habilidades mencionadas, para evitar que o recrutador tenha de procurá-las ( e correr o risco de não encontrá-las).

·         Se precisar anexar uma carta de apresentação, ressalte as características que a vaga solicita em no máximo cinco linhas.E todo cuidado com o Português.

·         Tenha foco no cliente (empregador) não em você. Leia com muita atenção o que é solicitado para a posição e, se você possuir a habilidade, deixe em destaque. Não adianta impingir o que você considera importante na sua carreira. Você precisa mostrar que pode resolver o problema do cliente e não o contrário (que o empregador é que vai resolver um problema seu).

·         Sendo assim, não se apresente como vítima. Dizer que está há três anos desempregado e precisando muito do emprego não vai ajudar, a menos que antes disso você tenha PROVADO que pode resolver o problema do empregador.

·         Sempre que tiver oportunidade, dê exemplo de sua atuação que demonstrem quanto você será útil e ajudará a empresa a crescer.
Do ponto de vista do empregador, só uns poucos talentos atendem as suas exigências. Se quiser ser um deles, tenha foco nos seus próprios objetivos e demonstre do que é capaz nas poucas linhas do seu currículo.

 

Fonte: Marcos Gonzalez / GRUPO RH MANAUS

Nenhum comentário:

Postar um comentário